18 de mai de 2010

Festim Diabólico (1948)

Ousado! Este é o termo para descrever em uma só palavra o primeiro filme colorido de Alfred Hitchcock. "Festim Diabólico" não é longo, tem apenas 77 minutos, mas a idéia que se tem é de que foi filmado em um único plano-seqüência pelos poucos, porém, quase imperceptíveis cortes. Foram 10 cenas que variam entre cinco e dez minutos de duração, pois era o tempo máximo que a película da câmera cinematográfica poderia armazenar na época.

Realizado totalmente em estúdio, este é um trabalho experimental do grande diretor inglês que ensaiou inúmeras vezes com os atores antes de gravar, já que as longas tomadas tinham que ser perfeitas. Tudo para contar a história de dois estudantes que matam um terceiro, colocam seu corpo em um baú para, então, darem um banquete em cima do mesmo e convidam, inclusive, os pais e a noiva do recém falecido.

Os dois jovens Brandon Shaw (John Dall) e Phillip Morgan (Farley Granger) cometem o crime por considerarem-se superiores intelectualmente em relação ao amigo David. O filme começa com o assassinato e aos poucos vamos descobrir os motivos para tal ato e o suspense criado por Hitchcock para ver se alguém descobre o corpo bem debaixo do nariz de todos. O interessante é que entre os convidados está o professor dos jovens, Rupert Cadell (James Stewart), cuja tese em aula serviu de motivo para matarem o colega. No entanto, o professor Cadell parece ser o único a desconfiar de algo.

A história é uma adaptação para o cinema da peça de teatro "Fim da Corda" (Rope's End) de Patrick Hamilton, que por sua vez, foi baseada no julgamento real dos jovens judeus Leopold e Loeb. Inspirados pela teoria do super-homem de Nietzsche, eles assassinaram um rapaz de 14 anos, na década de 20, por se julgarem superiores. Os dois eram gays, bem como os personagens da peça. Neste caso, o professor era gay e aliciador do mais velho dos dois. Hollywood vetou qualquer referência a homossexualismo, no entanto, os dois atores do filme eram gays, além do roteirista.

Festim Diabólico (Rope, 1948)
Direção: Alfred Hitchcock
Roteiro: Hume Cronyn
Elenco: James Stewart, John Dall, Farley Granger, Dick Hogan

1 Comentário:

eduardo disse...

Muito bom esse filme... foi o primeiro do Hitchcock que eu assisti.. simples, prende a atenção e o mais incrível é que se passa praticamente todo em um único cenário.

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO